Os princípios de governança corporativa e a atuação das ouvidorias em instituições bancárias no Brasil

Carlos André de Melo Alves, Claudio Antonio Pinheiro Machado Filho

Resumo


O objetivo deste estudo é investigar a associação entre os princípios de governança corporativa e a atuação das ouvidorias em instituições bancárias no Brasil. Realiza-se revisão bibliográfica e pesquisa de campo, coletando-se opiniões de uma amostra de especialistas, selecionados por participarem de eventos ligados à área de ouvidoria entre 2009 e 2011 no Brasil. A análise considera 192 notas a respeito da situação atual e ideal referente a quatro princípios disseminados pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa – IBGC: transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa. Para tratar os dados emprega-se análise descritiva e análise inferencial. Resultados indicam que a situação ideal difere da atual para todos os princípios, mas a atuação das ouvidorias associada ao princípio da prestação de contas tem uma distância da situação atual para a ideal significativamente inferior à distância pertinente aos princípios da responsabilidade corporativa e da transparência. O estudo pode auxiliar reflexões de acadêmicos e demais interessados na atuação das ouvidorias como canal de última instância para atendimento em instituições bancárias no Brasil, e pode ajudar a entender o alinhamento dessa atuação aos princípios de governança corporativa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v34i2.1064

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122