Redes de inovação: mapeamento de inventores de patentes em uma empresa do setor de cosméticos

Bruno Pinto Serrano, José Alcides Gobbo Junior

Resumo


Este artigo tem o objetivo de identificar padrões na organização da rede de inovação, através de mapeamentos de redes de inventores de uma empresa de cosméticos, além de identificar formas de promover a capacidade de inovação por meio da interconectividade. A execução da pesquisa foi realizada por meio de métodos de estudo de casos, e, para isso, foram feitos mapeamentos de inventores, com base nos registros de patentes pesquisados previamente, levando-se em consideração o vínculo (interno ou externo) com a empresa de cada inventor e também a quantidade de citações da patente. Foi identificada maior hierarquia nas redes com a presença de colaboradores externos à empresa, bem como um possível maior teor tecnológico, já que a quantidade de citações foi superior às de outras redes. Verifica-se, por fim, que um mapeamento de inventores (apesar de patente não ser o único fator de medida de inovação) pode identificar características importantes para auxiliar uma melhor gestão da inovação.

Palavras-chave: Inovação. Redes de Inovação. Análise de Redes.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i1.1145

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122