Nível de excelência organizacional em melhoria contínua: estudo de caso em organizações do ramo automotivo

Thais Cristina Pereira Ferraz, Luiz Gonzaga Mariano de Souza, Carlos Henrique Pereira Mello

Resumo


O artigo apresenta uma discussão sobre os aspectos relacionados à eficiência e à eficácia da gestão da melhoria
contínua. A proposta do trabalho é apresentar essa prática como uma tecnologia que extrapola os limites do
cumprimento normativo dos sistemas de gestão da qualidade. Para tanto, realizou-se um trabalho fundamentado
nos pressupostos do múltiplo estudo de caso, tendo, como elementos empíricos de investigação, organizações
do ramo automotivo do sul de Minas Gerais. A partir da descrição das organizações investigadas, que
caracaterizam os níveis de excelência organizacional em melhoria contínua, discute-se sobre a sustentação e
evolução da melhoria contínua, viabilizados pelo processo de aprendizagem organizacional. O estudo aponta
para necessidade de articulação das atividades de treinamento e educação, pertinentes ao desenvolvimento e
maturação da gestão dessa tecnologia. Busca enfatizar, portanto, a relevância da integração dos sistemas técnico
e social como base para melhoria contínua, por meio do aperfeiçoamento e potencialização de competências
que definem o nível da sua excelência.

Palavras-chaves: Melhoria contínua; qualidade; Maturidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i2.161

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122