Avaliação sistêmica dos impactos sociais da produção da soja para biocombustíveis em Porto Nacional – TO

Thiago de Loiola Araújo e Silva, Ligia Dantas Fernandes

Resumo


A crise energética atual atinge toda sociedade e aponta para uma mudança no uso e na dependência dos combustíveis fósseis. A atual forma de uso desses combustíveis aponta para a escassez dessa fonte de energia e ao mesmo tempo para o desenvolvimento de outras fontes. Dentre essas está o biodiesel feito a partir do óleo vegetal, onde a soja vem despontando como matéria – prima mais usada na região central do Tocantins. Entretanto, a geração de biodiesel a partir da soja gera impactos socioeconômicos e ambientais. Esses afetam a sociedade direta e indiretamente, sendo as vezes desconhecidos ou ignorados pelos atores envolvidos. Nesse sentido, a presente dissertação objetiva, através do pensamento sistêmico, analisar os impactos sociais gerados a partir da produção de biocombustíveis tendo como matéria - prima a soja no município de Porto Nacional - TO. Para se atingir o objetivo, foi realizado um levantamento de dados bibliográficos, realizadas entrevistas com os atores envolvidos e construída uma estrutura sistêmica. Como resultado, foram diagnosticados os impactos sociais através da relação direta e inversamente proporcional entre as variáveis encontradas durante as entrevistas e a revisão bibliográfica. A aplicação do pensamento sistêmico na identificação dos impactos sociais se mostrou eficiente, permitindo uma visão das relações entre os impactos encontrados e não apenas uma observação superficial.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v12i1.1613

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page