Que Fatores Motivacionais Afetam os Indivíduos que Ingressam em Organização do Setor Público? O Caso de uma Empresa de Energia

Daniela F. da C. Barreto, Glaucio Santoro Nunes, Jordana L. B. C. Veiga, Ana Alice Vilas Boas

Resumo


As oportunidades de trabalho no setor público têm interessado um crescente número de indivíduos que optam por
esse caminho em busca de estabilidade, qualidade de vida, oportunidade de construir uma carreira, treinamento
e benefícios, entre outras vantagens oferecidas. O objetivo da presente pesquisa foi a verificação dos fatores que
motivaram um grupo de pessoas a optar por um emprego no setor público, mais especificamente em uma empresa
de economia mista de grande porte, da área de tecnologia e energia. As respostas dessas pessoas, que atualmente
são funcionárias, foram reunidas por meio de entrevista estruturada e questionário, reveladas neste artigo e comparadas
aos resultados apresentados no artigo de Côrtes e Silva (2006). A tendência nas respostas dadas à maioria
das questões, foi a mesma em ambas as pesquisas. Os resultados mostram que os aspectos estabilidade e imagem
da empresa foram os fatores mais indicados como motivadores para ingressar em um estatal.

Palavras-chave: Teorias Motivacionais, Contrato Psicológico, Setor Público

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i4.175

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122