Indicadores de desempenho no modelo de gestão BSC: uma investigação nas vinícolas da região da campanha gaúcha

Fábio Josende Paz, Henrique Bevilaqua Rubin, Liane Mahlmann Kipper

Resumo


O segmento da vitivinicultura está em plena expansão na região da Campanha, no Estado do Rio Grande do Sul – Brasil. Gestores que atuam neste segmento precisam, cada vez mais, de ferramentas que os auxiliem no processo de gestão estratégica. Uma das principais ferramentas utilizada mundialmente para isto é o Balanced Scorecard (BSC), que utiliza indicadores de desempenho, em diferentes perspectivas organizacionais, como forma sistêmica de avaliação. Assim, a pesquisa tinha como objetivo investigar a utilização de indicadores de desempenho no modelo de gestão BSC, nas vinícolas da região da Campanha Gaúcha. Para tanto, um estudo exploratório e descritivo, de caráter quantitativo e qualitativo foi desenvolvido, sendo possível observar que estas vinícolas utilizam, majoritariamente, indicadores da perspectiva financeira da empresa, deixando outros aspectos e perspectivas importantes, em segundo plano. Foi constatado também que a qualidade na gestão não depende da quantidade de indicadores utilizados, mas sim da correta utilização dos mesmos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i2.1882

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122