A ergonomia e aplicação do Diagnóstico Curto em uma olaria da cidade de Itacoatiara/AM

Diego Junes Santos, Moisés Andrade Coelho

Resumo


Este trabalho trata da aplicação do diagnóstico curto como ferramenta para o levantamento dos aspectos ergonômicos e organizacionais em uma olaria da cidade de Itacoatiara/AM. Quanto à abordagem do problema, o estudo caracteriza-se como qualitativo e exploratório com relação aos objetivos. No que concerne ao procedimento técnico, o estudo adotou a pesquisa-ação. A amostragem foi de caráter não probabilística intencional utilizando as seguintes técnicas de pesquisa: (1) documentação indireta; (2) observação direta intensiva; e (3) observação direta extensiva. Entre os principais resultados temos a elaboração de um diagnóstico em curto prazo (oito dias); identificação de pontos de melhoria relacionados aos aspectos produtivos; reconhecimento de aspectos ergonômicos voltados para questões ambientais e das atividades dos operadores de produção. A relevância do estudo reside em uma metodologia voltada para a ação, onde sua aplicação demanda um curto prazo de tempo e proporciona identificar demandas organizacionais e ergonômicas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i4.1998

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista GEPROS



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122