Controle tecnológico de concreto: um estudo de caso da capacidade do processo com dados não normais

Liane Werner, Helena Paula Nierwinski, Marina Schnaider Bortolotto

Resumo


A avaliação da capacidade de certo processo verifica como produtos dentro das especificações estão sendo entregues aos clientes. Para tal, supõe-se que o processo apresente distribuição normal. Caso isto não ocorra, pode comprometer a análise, sendo necessário adotar alternativas específicas. O objetivo deste trabalho é apresentar uma aplicação da capacidade do processo com distribuição não normal relacionada à resistência do concreto. Para tanto, foram realizadas transformações nos dados visando que estes apresentassem distribuição normal e após calcular os índices tradicionais, também foram obtidos os índices pertinentes para processo não normal. Os dados avaliados são provenientes do controle tecnológico de concreto em uma obra realizada em Joinville-SC e correspondiam à resistência aos 7 dias do concreto cuja especificação era de que a resistência deveria atingir pelo menos 70% do fck especificado para 28 dias. Constatou-se que o processo era não capaz, seja por meio da transformação ou pelos índices de capacidade não normais. Ao final se estabeleceu uma comparação entre os métodos usados e todos indicaram a falta da habilidade do processo em produzir dentro das especificações.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v14i1.2114

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122