Modelo para alocação de pessoal e seleção dos grupos de folga em uma empresa do setor têxtil

Hugo Harry F. R. Kramer, Anand Subramanian, Luiz Guilherme Binder D’Angelis, Carlos Eduardo G. L. Pires

Resumo


O escopo deste artigo consiste em resolver o problema de alocação de pessoal e seleção de grupos de folga dos
funcionários enquadrados em um determinado setor, de uma indústria têxtil de grande porte. Trata-se de um
problema de suma importância para a maioria das organizações, uma vez que é fundamental designar o conjunto
de trabalhadores disponíveis, com níveis de aptidão e qualificação distintos, às tarefas mais apropriadas.
Assim sendo, um modelo de alocação multidimensional foi construído levando-se em conta as particularidades
operacionais e funcionais do setor, além de considerar o benefício associado à alocação de certo funcionário
a uma dada sessão do mesmo. A solução ótima encontrada maximizou o beneficio global das alocações, bem
como permitiu a identificação dos grupos de folga dos trabalhadores do setor estudado.

Palavras-chave: Problema de alocação multidimensional; Grupos de folga; Benefício.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i1.216

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122