Práticas de Saúde e Segurança do Trabalho: Uma Survey em Empresas Brasileiras Exportadoras

Leonardo Caixeta de Castro Maia, Daniel Masini Espindola, Cristiano Henrique Antonelli da Veiga

Resumo


Esse artigo busca debater as práticas de saúde e segurança do trabalho (SST), por meio de uma survey, em empresas brasileiras exportadoras. Para tanto, apresenta a percepção dos gestores da área SST sobre as práticas operacionais, o ambiente de trabalho, o sistema de segurança e sua conformidade, o nível de desenvolvimento da equipe e por fim, a cultura organizacional. Concluiu-se que, o principal fator que afeta o grau de amadurecimento de práticas de SST nas empresas está centrado nas certificações. Como limitação, têm-se o número de respondentes. Para futuras pesquisas, a busca de outras estratégias de entrevistas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v14i2.2207

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista GEPROS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122