Diagnóstico de indústrias de equipamentos eletroeletrônicos do Rio Grande do Sul em relação aos impactos ambientais e sistema de logística reversa

Jaqueline Terezinha Martins Corrêa Rodrigues, Liane Werner

Resumo


A Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS), aprovada em 2010, exige a implantação de sistemas de logística reversa para equipamentos eletroeletrônicos (EEE). O objetivo deste artigo é avaliar como as indústrias de EEE do Rio Grande do Sul (RS) estão agindo para reduzir o impacto ambiental de sua produção e como atendem a legislação ambiental no que se refere aos resíduos destes equipamentos. O estudo foi realizado com 19 indústrias de EEE situadas no RS, em 2015. O questionário, instrumento de coleta de dados, utilizou a escala Likert para avaliar as organizações em relação aos processos produtivos, produtos, informações aos consumidores e PNRS. Para análise dos dados utilizou-se as frequências absolutas, os coeficientes de correlação posto-ordem rs de Spearman e o índice geral IGk. Pode-se ressaltar que as organizações participantes já realizam ações para minimizar o impacto de sua produção, mas ainda não realizam ações efetivas para alteração da composição dos produtos restringindo substâncias perigosas ou modificando o design para reciclabilidade. Além disso, o sistema de logística reversa não é realidade da maioria das organizações pesquisadas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v15i1.2293

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122