Replanejamento de bases de despacho de veículos de resgate: um estudo de caso no Rio de Janeiro - Brasil

Thayse Ferrari, Marcus Vinicius Oliveira Camara, Glaydston Mattos Ribeiro

Resumo


Serviços Médicos de Emergência são sistemas de segurança pública responsáveis pelo atendimento pré-hospitalar a pacientes de emergência médica. Neste sentido, Problemas de Localização de Facilidades têm sido aplicados a fim de indicar locais estratégicos para posicionar bases de despacho de veículos de resgate que atendem às ocorrências de emergência. Este trabalho tem como objetivo realizar uma avaliação dos possíveis impactos de um replanejamento das localizações de bases de despacho de veículos de resgate na cobertura e no tempo de resposta do atendimento. Dez cenários foram propostos com variações na quantidade de locais candidatos a receber bases de despacho de veículos de resgate, com ou sem limitação de número de bases a serem abertas. Esses cenários foram aplicados a um estudo de caso real no município do Rio de Janeiro – Brasil. As análises verificaram que melhorias na disposição das bases, aliadas à redistribuição de veículos entre elas, mostraram-se capazes de impactar de maneira significativa o atendimento da população. Além disso, a maximização deste objetivo, cobertura da população, manifestou-se como o mais expressivo na função objetivo do modelo utilizado.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v15i2.2540

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122