Aplicação do método Benchmarking Enxuto em uma empresa metal mecânica

Anna Claudia Ribeiro do Valle, Ana Julia Dal Forno, Dalvio Ferrari Tubino, João Paulo Avila, Fernando Augusto Pereira

Resumo



A essência da manufatura enxuta é agregar valor e eliminar desperdícios. Nem sempre as empresas estão aptas
a obter estes benefícios. O método Benchmarking Enxuto (BME) foi desenvolvido para diagnosticar se as empresas
possuem os pré-requisitos indispensáveis para implementar as técnicas do Sistema Toyota de Produção
e obter resultados satisfatórios. O método BME consiste na formação de uma equipe multidisciplinar e aplicação
de 37 indicadores, distribuídos em práticas e performances, nas áreas de demanda, produto, PCP e chão
de fábrica. Esse artigo explica resumidamente este método e ilustra sua aplicação em um diagnóstico de uma
empresa de grande porte, fabricante de cabines, toldos e plataformas agrícolas, mostrando como o método pode
encaminhar a discussão para o planejamento das ações voltadas para a implantação da manufatura enxuta.
Palavras-chave: Benchmarking, Lean Manufacturing, Sistemas de Produção.

Palavras-chave: Benchmarking, Lean Manufacturing, Sistemas de Produção.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v4i4.501

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122