Produção mais limpa na carcinicultura: um estudo de caso

Gilson Gomes de Medeiros, Henio Normando de Souza Melo, Iran Marques de Lima, Josette Lourdes de Souza Melo, Veder Ralfh Fernandes de Medeiros

Resumo


O objetivo do trabalho é apresentar as oportunidades de implementação da produção mais limpa (P+L), em uma fazenda de cultivo de camarões. A metodologia utilizada foi pesquisa exploratória, realizada pela investigação, via estudo de caso, implementada em uma unidade produtiva, localizada no nordeste do Brasil. O trabalho aborda desde aspectos genéricos da técnica, no que diz respeito ao gerenciamento do uso da água, energia, e da caracterização do efluente desta atividade produtiva. Discute aspectos quantitativos, considerações ambientais e oportunidades de P+L nas fases do processo produtivo. Os resultados apontam para economias de insumos sob a forma de alimentos, corretivos de solo, medicamentos e energia aplicados ao processo, que variam de 4 a 27%, ressaltando-se que o pequeno ganho financeiro deve ser encarado como uma fonte de considerável benefício ambiental. Os autores concluem pela propriedade da adoção da técnica neste segmento do agronegócio, ressaltando a importância do gerenciamento da dosagem de insumos na qualidade do efluente final, além da adoção de um mecanismo de remediação físico-química, para o residual de metabissulfito de sódio utilizado na despesca. Palavras-chaves: Produção mais limpa, Carcinicultura, Impactos ambientais, Metabissulfito de sódio, Remediação físico-química.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v2i2.748

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122