Monitoramento da qualidade da água na bacia hidrográfica do Rio Cabelo: parâmetros físico-químicos

Maria Sallydelândia Sobral deFarias, José Dantas Neto, Vera Lucia Antunes de Lima

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo fazer um monitoramento da qualidade da água no Rio Cabelo, através de análises nos parâmetros físico-químicos: pesquisa 14 parâmetros: Cor, Turbidez, Ph, Cálcio (Ca 2+ ), Magnésio (Mg 2+ ), Sódio (Na + ), Potássio(K + ), Cloretos (Cl - ), Sulfatos(SO -24 ), Bicarbonatos Ca(HCO 3 ) 2 , Carbonatos (CaCO 3 ), Ferro (Fe), Alcalinidade Total (CaCO 3 ), Dureza Total (CaCO 3 ). O monitoramento foi realizado no período de março de 2005 a março de 2006. Segundo a metodologia de Silva e Oliveira (2001). De acordo com os resultados, observou-se que alguns parâmetros avaliados não estiveram enquadrados, conforme diretrizes da legislação brasileira. Sendo o Rio Cabelo considerado pela SUDEMA – superintendência, como um rio de CLASSE III, no parâmetro cor, houve uma superação dos limites recomendados para o enquadramento; valores de sódio encontrados restringem o uso de água para o consumo humano. Os demais parâmetros avaliados não apresentam restrição e uso nem para irrigação nem para consumo humano. Recomenda-se a avaliação da qualidade microbiológica ou sanitária da água do Rio Cabelo, antes de recomendá-la para consumo humano ou irrigação.

Palavras-chave: poluição; água; irrigação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i1.870

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122