Avaliação de desempenho ambiental nas operações de duas empresas regionais de saneamento urbano

Miguel Afonso Sellitto, Miriam Borchardt, Giancarlo Medeiros Pereira

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar um método que organize e priorize indicadores quantitativos, para medição de desempenho em operações de saneamento urbano. O método foi proposto como continuidade teórica de pesquisas anteriores e foi aplicado em duas empresas de saneamento de uma região metropolitana do Brasil. O resultado final de apicação do método é um índice de desempenho ambiental, variando entre 0 e 100%, composto por indicadores associados a três construtos latentes (uso do solo, emissões atmosféricas, efluentes líquidos, resíduos sólidos, uso de recursos naturais e atendimento à legislação e gestão). Os indicadores foram priorizados por um método de escolha. Uma empresa atingiu 57% e outra 43% do desempenho possível. Em ambos os casos, o construto prioritário para ações estratégicas ambientais foi o uso de recursos naturais. Ambas as empresas deverão priorizar este construto, se quiserem aumentar seus desempenhos ambientais de modo mais consistente.

Palavras-chave: desempenho ambiental; avaliação de desempenho ambiental; estratégia ambiental


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i4.875

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122