Antropometria para a confecção – dados de Cianorte e região

Aline Aristides Bazán, Crisitina do Carmo Lucio, Bruno Montanari Razza, Alessandra Sumiko Tanabe, Carla Hidalgo Capelassi

Resumo


A falta de padronização de medidas para a confecção de produtos de vestuário causa transtornos aos usuários que não encontram tamanhos adequados a seus biótipos. A indústria do vestuário é uma das maiores geradoras de emprego no Paraná, destacando-se o chamado “Corredor da moda”, do qual a cidade de Cianorte faz parte. Este estudo teve por objetivo gerar uma base de dados dimensionais e parâmetros ergonômicos, para a indústria de confecção, a partir da coleta de dados antropométricos de mulheres adultas. As medidas foram apresentadas divididas em faixas etárias e manequins.

Palavras-chave: vestuário; antropometria; ergonomia


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i4.887

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122