Análise ergonômica do trabalho: o caso de uma serraria na metade sul do Rio Grande do Sul

Aline Falcão, Mariana Fachin Saldanha, Adriana Dias, Luis Antonio dos Santos Franz

Resumo


O setor produtivo que envolve os mercados de madeiras e produtos derivados destaca-se pelo seu impacto econômico e social, tanto em nível mundial quanto no caso particular brasileiro. Neste setor, o caso particular das serrarias destaca-se por apresentar importantes demandas por melhorias ergonômicas. Tendo em conta isso, o presente estudo tem por objetivo investigar as condições ergonômicas em uma serraria, localizada na fronteira sul do Rio Grande do Sul. Para tanto, realizou-se levantamentos em campo e a aplicação de métodos de análise ergonômica. Verificou-se, no posto de trabalho mais crítico, controle do Carro Porta-Toras Pneumático-Automático (CPTPA), a necessidade urgente de melhorias de âmbito postural. Além disso, identificou-se uma série de necessidades de melhorias, relativas ao ambiente de trabalho, incluindo conforto térmico, ruído e interface homem-máquina.

Palavras-chave: método RULA; serrarias; condições ergonômicas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i4.920

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page