Avaliação da cabotagem como opção de modal logístico: estudo de caso de uma metalúrgica nordestina

Rebeca Almeida Sousa, Cláudio Bezerra Leopoldino

Resumo


A navegação de cabotagem é uma das principais modalidades de transporte aquático, realizando a movimentação de mercadorias porto a porto. No Brasil, apresenta-se como categoria de transporte emergente, apresentando aumento de utilização na matriz de transportes nacional. O presente artigo faz uma avaliação da performance do modal de cabotagem em uma empresa do setor metalúrgico no estado do Ceará. O método adotado para essa pesquisa foi o estudo de caso, com análise de documentos, dados do sistema da empresa investigada e simulação de custos com a utilização da navegação de cabotagem como modal de transporte alternativo. As principais variáveis analisadas compreendem volume, custo e tempo. Foram evidenciadas vantagens e desvantagens na sua utilização para o transporte de cargas. Os principais gargalos foram identificados e mapeados para propor melhorias. Os resultados obtidos com o estudo mostraram um ganho em volume por peso transportado e uma redução nos custos de fretes na organização com a adoção da cabotagem. O tempo de entrega, entretanto, salienta-se como um principal fator de ineficiência para a sua aplicação na empresa, pois este indicador sofre a influência de problemas de infraestrutura, procedimentos burocráticos e fiscais que tornam as operações de cabotagem pouco atrativas ao mercado.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i3.1963

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page