Testando a influência dos níveis de estoque no desempenho de empresas laboratoriais através de um jogo de empresas

Felipe Pusanovsky, Marco Aurelio Carino Bouzada

Resumo


Este trabalho objetiva verificar as relações entre as seguintes variáveis que envolvem atividades de operação e logística: resultados financeiros, market share e níveis de estoque. O referencial teórico abordou os seguintes aspectos: market share, estoques, produção puxada e empurrada, uso de jogos de empresa em pesquisas. A captação dos dados se deu através do uso de um jogo de Logística com características que simulam as condições encontradas no Brasil. Quanto à metodologia, trata-se de uma pesquisa quantitativa, descritiva e de laboratório. O procedimento adotado foi o de análise de correlações entre as variáveis, conforme apresentadas nas hipóteses. A conclusão a que se chegou quanto à relação entre níveis de estoque e o market share, foi a de uma relação positiva plausível, embora não possa ter havido uma confirmação. Não foi possível confirmar relação entre níveis de estoque e resultados financeiros. Este estudo contribui de forma prática ao demonstrar como as empresas podem vir a utilizar um simulador de cenários para testar estratégias de logística, sem riscos de impactos reais em seus resultados financeiros e de participação de mercado.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i4.1977

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista GEPROS



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122