Aplicação da produção mais limpa no processo de clarificação do caldo de cana para produção de açúcar

Rodolfo Benedito da Silva, Alexandre Gonçalves Porto, Célia Szuchman Wolquind, Fabrício Schwanz da Silva, Flávio Teles Carvalho da Silva

Resumo



O presente artigo tem por objetivo verificar a aplicação dos princípios que norteiam a Produção mais Limpa (P+L) no processo de clarificação do caldo de cana para produção de açúcar. A P+L divide seus objetivos em três níveis: nível 1 (evitar resíduos e emissões), nível 2 (retorno dos resíduos ao processo produtivo) e nível 3 (reciclagem externa e deposição final de resíduos). O processo de clarificação tradicional utilizado pelas agroin- dústrias sucroalcooleiras é caracterizado por uma etapa conhecida por sulfitação, onde ocorre a introdução do enxofre (SO2), sendo este um insumo que libera resíduos prejudiciais à saúde do ser humano e ao meio ambiente. No entanto, a necessidade de produzir um açúcar de boa qualidade e livre de resíduos tóxicos vem incentivando as empresas deste segmento a buscarem alternativas que sejam viáveis do ponto de vista técnico, para substituir este produto no processo produtivo. Neste trabalho, são apresentadas duas alternativas tecni- camente viáveis à substituição do enxofre (o ozônio e os bicarbonatos) no processo de clarificação, com intuito de minimizar os resíduos e emissões, atendendo ao nível 1 dos níveis de aplicação da P+L, reduzindo, na fonte geradora, os poluentes e modificando o processo de sulfitação através da substituição do insumo (SO2). Palavras-chaves: Produção mais Limpa; Clarificação do caldo; Açúcar.



DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v1i1.735

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page