A quarta forma de verticalização da cadeia reversa: um estudo de caso no setor da borracha

Rosana da Rosa Portella Tondolo, Sílvio Denicol Júnior, Carlos Honorato Schuch Santos

Resumo


Devido à preocupação ambiental existente e a necessidade das empresas explorarem ao máximo suas competências, para que essas se tornem um diferencial competitivo, está imersa a logística reversa. A logística reversa é caracterizada por ser um movimento reverso na cadeia de suprimentos, em que os produtos percorrem o caminho inverso; em outras palavras, partindo dos clientes finais e chegando aos fornecedores. Nesse contexto, este estudo tem como objetivo explorar a cadeia reversa de pós-consumo, através da visão de uma empresa prestadora de serviços de reciclagem, buscando classificar o tipo de atuação dessa empresa. Este trabalho se caracteriza por ser um estudo exploratório, com uma abordagem qualitativa, no qual se utilizou do questionário semi-estruturado como técnica de coleta de dados. O presente trabalho apresenta como principais resultados: a classificação da empresa analisada como um agente de logística reversa, a identificação da quarta forma de verticalização da cadeia reversa e os benefícios econômicos, financeiros e ambientais gerados por essa cadeia. Ao final, são apresentadas sugestões de estudos futuros. Palavras-chave: Cadeia Reversa; Logística Reversa; Setor da Borracha.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v2i2.744

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page