Definição de processo para tratar a ruptura de estoque no varejo de alimentos

Fernando Henrique Oliveira de Aguiar, Mauro Sampaio

Resumo


A ruptura de estoque continua sendo um problema no varejo. Nos últimos quarenta e cinco anos o progresso foi limitado. As estimativas dos níveis de ruptura de estoque têm constantemente ultrapassado a média de 8,3%. Os autores propõem um procedimento para a gestão da ruptura de estoque com foco em identificar as causas motivadoras da ausência do produto. O procedimento é elaborado a partir dos resultados de entrevistas realizadas junto a cinco executivos que atuam no varejo, abrangendo sete etapas, desde entrevistas para levantamento da situação até a proposição de ações e a avaliação dos resultados obtidos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v8i2.910

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122