A adoção do comércio eletrônico em relação aos estágios de informatização: um estudo no setor metal-mecânico brasileiro

Carlos Gabriel Eggert Boehs, Gustavo Abib, Miriam Stolses Mazo

Resumo


A adoção da tecnologia da informação para novas práticas de comercialização de produtos e serviços,
é uma realidade. Sua aplicação traz fortes argumentos em favor da vantagem competitiva das empresas, tais
como a redução de custos, agilidade nos processos transacionais e eliminação de intermediários. Associados a
estes argumentos, a utilização do comércio eletrônico depende da capacidade das organizações em gerir, de
forma eficiente, os ativos e tecnologias informacionais. A adoção da prática do comércio eletrônico, em
empresas do setor metal-mecânico, foi o objetivo deste estudo, que contou com a participação de 174 empresas
respondentes. . A análise dos resultados indicou uma relação entre o estágio de informatização das empresas e
a adoção do comércio eletrônico, demonstrando que a experiência acumulada na gestão de tecnologias da
informação influencia positivamente a adoção do comércio eletrônico. Outros fatores analisados permitiram
constatar que micro e grandes empresas apresentam maiores níveis de adoção de comércio eletrônico.
Verificou-se que entre as empresas deste setor, a adoção do comércio eletrônico passa a ganhar cada vez mais
espaço, frente aos processos de comercialização tradicionais.

Palavras chave: comércio eletrônico; tecnologia da informação; comercialização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i1.111

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page