Avaliação de modelo de distribuição para uma nova empresa de produção de cerveja

Gustavo Menoncin Pereira, Juliana Barbara Silva, Pollyana Francynne Cruz Fernandes, Victor Nikaido Hirano, Gabriel Sebastian Boreggio do Valle Pont

Resumo


O mercado de cerveja no Brasil é dominado em 70% por um só grupo empresarial, a AmBev, grupo formado nos anos 1990 pela fusão das duas maiores empresas do segmento na época, a Brahma e a Antarctica. Mesmo com novos entrantes no mercado a AmBev continuou crescendo e aumentando sua participação e seu lucro. Um dos maiores desafios para atuar no mercado de cerveja é a estratégia de distribuição. O sucesso da AmBev tem na sua estratégia de distribuição um dos fatores críticos para que se chegasse a esta participação no mercado. O modelo que a AmBev implementou e que continua investindo é o que a Brahma, pré AmBev, adotou como estratégia nos anos 1990. Este trabalho se baseia nas teorias e conceitos a respeito de modelos de distribuição na cadeia de suprimentos. O objetivo é verificar como uma empresa iniciando suas atividades produtivas no mesmo ramo que a AmBev, poderia implementar o mesmo modelo de distribuição. Para tanto foram identificadas as possíveis estratégias de distribuição, procurando entender os conceitos que fundamentam o modelo de referência AmBev. Com isto, uma empresa foi identificada e um estudo de caso conduzido para entender a aplicação do modelo da AmBev. As principais conclusões do estudo apontam para possibilidades de adoção do modelo com sucesso, mas com restrições e monitoramento constante para o controle da implantação da estratégia.

Palavras-chave: Modelos de Distribuição. Cadeias de Suprimentos. AmBev.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v9i4.1153

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page