Análise da contribuição do business to business na gestão de cadeias de suprimentos

Rodolfo Modrigais Strauss Nunes, Mario Mollo Neto

Resumo


Este artigo analisa a contribuição do comércio eletrônico Business to Business (B2B) na gestão de cadeias de suprimentos, identificando os principais processos desenvolvidos por meio de tais ferramentas nas operações de grandes corporações brasileiras, destacando suas vantagens e desvantagens. Para tanto, pesquisaram-se temas como e-commerce, gerenciamento de cadeias de suprimentos e redes de negócios. Com base no referencial teórico levantado, realizou-se uma pesquisa de campo tipo survey baseada em questionários com formulários disponibilizados pela Internet. Dez empresas importantes da região metropolitana de São Paulo, que utilizam aplicações de B2B, participaram da pesquisa, e dentre os vários resultados obtidos, constatou-se que o e-commerce B2B está consolidado como um importante suporte à gestão de cadeias de suprimentos ou redes de empresas, aperfeiçoando os relacionamentos, a troca de informações e as operações entre as empresas envolvidas, aumentando o potencial de competitividade.

Palavras-chave: E-commerce B2B. Gestão de Cadeias de Suprimentos. Redes de Empresas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v10i2.1226

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page