Rumo à consolidação das dimensões da inovatividade e seu impacto no desempenho inovador

Cicero Aparecido Bezerra, Michel de Azevedo Fernandes

Resumo


As condições habilitadoras da inovação (inovatividade) têm sido, com recorrência, tomadas como tema de pesquisas que analisam sua influência no desempenho inovador, porém de forma ainda dispersa. A presente pesquisa emprega um modelo que consolida o impacto de dez dimensões inovativas no desempenho inovador das organizações e agrega a ele, algumas características de organizações (faturamento, número de funcionários e setor econômico), bem como analisa os resultados a partir de abordagem multivariada categórica, distinta daquela empregada no modelo originalmente proposto. Os resultados indicam que as empresas respondentes não se diferenciam, quanto aos aspectos do modelo, em relação aos setores econômicos. Por outro lado, é evidenciado que, em relação ao faturamento e número de funcionários, as organizações apresentam percepções distintas das dimensões da inovatividade. Finalmente, os resultados indicam que o modelo original apresenta maturidade na medida em que métodos alternativos de análise apontam para semelhantes conclusões.

Palavras-chave: Inovatividade. Inovação. Desempenho Inovador.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v10i2.1229

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122