Aplicação da simulação empresarial no ensino da graduação

Fernando Porfírio Soares de Oliveira, Renata Laise Reis de Souza, Josué Vitor e Medeiros Júnior, Miguel Eduardo Moreno Anez

Resumo


A proposta desenvolve atividades didáticas metodológicas, em busca da fixação do conteúdo lecionado em sala
de aula e a distância, através da utilização de softwares de simulação, como ferramenta de apoio ao ensinoaprendizagem.
Conseqüentemente, busca-se estimular o pensamento sistêmico, disponibilizando não apenas a
simulação em si, em sala de aula e/ou na educação a distância, mas numa estrutura que possibilite aos alunos
entenderem como as inter-relações determinam o comportamento dos sistemas organizacionais e como suas
decisões, em parte específicas do sistem,a impactam em outras partes, no tempo e no espaço.
Com isso, caminha-se em direção a uma prática pedagógica baseada na educação sistêmica, em que alunos
possam não apenas assimilar conceitos, mas interagir com estes conceitos, questionar seus pressupostos e decisões,
principalmente num exercício de experimentação baseado na construção e reconstrução de modelos
de simulação de uma determinada “realidade”, caracterizada pela complexidade dinâmica. A metodologia se
sustenta no processo de modelagem das realidades organizacionais proposto em Sterman (2000).

Palavras-chaves: dinâmica de sistemas, simulação empresarial, educação sistêmica, modelagem de sistemas,
ensino de engenharia da produção.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i1.131

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page