Política Nacional de resíduos sólidos e logística reversa de lâmpadas fluorescentes pós-consumo: estudo de caso

William Cestari, Carlos Humberto Martins

Resumo


As lâmpadas fluorescentes são utilizadas cada vez mais atualmente. Consideradas lâmpadas econômicas, ao final de seu ciclo de vida tornam-se resíduos perigosos. Sua composição possui frações de mercúrio, considerado prejudicial à saúde humana. As lâmpadas fluorescentes juntamente com pneus e embalagens de agrotóxicos, tem legislação federal que estabelece e regulamenta sua destinação correta. No ano de 2010 Foi criada a Lei Federal 12.305/2010 que estabelece a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) responsabilizando empresas e consumidores pelo destino correto de seus resíduos. Este artigo tem como objetivo analisar o processo de logística reversa de lâmpadas fluorescentes pós-consumo em uma instituição de ensino público. Para esta pesquisa, foi utilizado estudo de caso, entrevistas com gestores pela área de administração de materiais/almoxarifado da instituição. Como resultado da pesquisa foi identificado que a instituição de ensino não realiza a logística reversa desde o ano de 2010 acumulando material perigoso em seus almoxarifados. O artigo contribui como sugestão de melhoria no processo de logística reversa, segurança do trabalhador e prevenção de riscos ambientais.


Texto completo:

Sem título () PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v11i1.1342

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122