Cooperação entre firmas localizadas em arranjos produtivos locais (APLs): um estudo nas empresas do vestuário de Londrina (PR)

Luiz Gustavo Antonio de Souza, Márcia Regina Gabardo da Câmara, Marco Aurélio Arbex

Resumo


Aglomerações localizadas (APLs) têm sido considerados instrumentos de desenvolvimento
regional, sendo a cooperação entre firmas e outros agentes, um dos elementos que contribuem para o seu
sucesso. O trabalho discute a existência de um APL da cadeia têxtil-vestuário na Região Metropolitana de
Londrina, dando atenção especial à questão da cooperação. Para a identificação da aglomeração, foi utilizada
a base de dados da RAIS, incluindo o cálculo do quociente locacional. Para avaliar seu grau de
desenvolvimento, buscou-se informações sobre o ambiente local, e foi aplicado um questionário com 40
empresas do setor do vestuário no Município de Londrina. Constatou-se que há uma aglomeração do setor no
local, e que o ambiente é desenvolvido. Porém, os elos entre as empresas e demais agentes são incipientes,
dificultando a cooperação e a disseminação de conhecimentos e inovações. Conclui-se que a região possui uma
aglomeração informal, com potencial para se tornar um APL organizado.

Palavras-chave: Arranjo Produtivo Local, Confiança, Cooperação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i2.147

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page