Revalorização do caroço de açaí em uma beneficiadora de polpas do município de Ananindeua/PA: proposta de estruturação de um canal reverso orientado pela PNRS e logística reversa

Ana Victoria da Costa Almeida, Ingrid Moreira Melo, Isis Silva Pinheiro, Jessyca Farias Freitas, André Cristiano Silva Melo

Resumo


A intensificação da produção e o crescimento do consumo leva à geração de grandes quantidades de resíduos que são geralmente depositados de forma inadequada, poluindo ainda mais o meio ambiente. Nesse contexto, insere-se a Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) que, por meio da Logística Reversa (LR), objetiva maximizar o uso dos recursos a partir da produção sustentável e revalorização de resíduos por meio da reinserção destes aos ciclos de produção. O açaí, uma commodity de consumo valorizado no mercado nacional e internacional, é um exemplo de produto cujo potencial de revalorização de resíduos tem sido subaproveitado. Este artigo teve por objetivo aplicar esses conceitos, em uma beneficiadora paraense de polpa de açaí, com foco na reciclagem dos  caroços e, consequente, revalorização deste resíduo. Foi proposta uma estrutura de canal reverso envolvendo etapas de coleta, triagem,  tratamento e eliminação com base no modelo de Fleishmann et al. (2000), fatores influentes na sua construção com base no Leite (1999), diretrizes da PNRS e práticas semelhantes em outras cadeias. Nos resultados, são demonstrados pontos facilitadores e barreiras enfrentadas pelas beneficiadoras.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v12i3.1668

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122