Reduzindo o “gap” entre a proposta de ensino e a estrutura cognitiva dos estudantes

Moacyr Machado Cardoso

Resumo


O presente trabalho buscou analisar a representação social que um grupo de estudantes universitários têm a respeito da temática “gestão de riscos ambientais” e compará-la a uma estratégia elaborada para ministrar o tema, que é a construção do mapa conceitual. Esta comparação propicia a redução do “gap” entre o que é proposto e o que os estudantes está pronto a assimilar. Foram utilizadas várias ferramentas para análise de evocações de palavras e de análise textual, tais como gráfico de similaridade, classificação hierárquica descendente, dentre outras. Finalmente pôde-se concluir que o mapa conceitual pode ser aperfeiçoado a partir da análise da representação social que os alunos têm a respeito da temática.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i3.1908

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122