Processo de desenvolvimento de produto no setor de embalagens: proposta de inovação incremental com enfoque na maior praticidade no uso do papel alumínio

Denis Ramos de Oliveira, Kaique Messias de Menezes, Gustavo Tiradentes de Oliveira Mendes, Gustavo Pereira Rosa, Gustavo Alves de Melo, Maria Gabriela Mendonça Peixoto

Resumo


Este artigo teve como objetivo apresentar uma proposta de desenvolvimento de embalagem para papel alumínio dotada de mecanismo de corte móvel e com proteção ao usuário. Com base na simulação de uma pesquisa de mercado, verificou-se a existência de uma lacuna representada pelos consumidores de papel alumínio insatisfeitos com os resultados do corte deste produto. Frente a isso, diversos são os casos observados em que há dificuldades associadas ao corte do papel, onde o consumidor precisa utilizar uma tesoura ou outro instrumento, ocorrendo um desperdício de papel. Para tanto, foram utilizadas ferramentas e técnicas de tomada de decisão para processos de desenvolvimento de produto, tais como, QFD, Análise de Custos, FMEA, Benchmarking, SWOT e Análise Ergonômica. Dessa forma, o formato desta proposta buscou proporcionar, ao consumidor, maior praticidade, segurança e precisão no corte do papel, sendo que fatores como, o baixo custo de matéria-prima e a complexidade da embalagem, aliados à grande utilidade e carência de mercado, podem intensificar, ainda mais, as chances de o produto se inserir no setor de embalagens, com um grande potencial competitivo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i3.1964

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista GEPROS



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122