Capacidades dinâmicas e sua influência no desempenho organizacional

Mirian Magnus Machado, Michael Samir Dalfovo, Andressa Gonçalves, Marcela Inês Borges Polati

Resumo


O presente estudo quantitativo consiste em caracterizar os fatores que compõem as Capacidades Dinâmicas, os fatores que compõem o Desempenho Organizacional e mensurar a relação de influência entre os dois nas micro, pequenas e médias empresas de uma região do sul do Brasil, SC. A metodologia utilizada para compor o estudo foi a pesquisa quantitativa descritiva, com método survey, cuja amostra caracteriza-se como não probabilística por conveniência. Os dados foram analisados utilizando-se do modelo de equações estruturais (MME), mostrando que existe uma influência entre as Capacidades Dinâmicas e o Desempenho Organizacional de 60% pode-se concluir que existe uma influência de equação quantitativa descritiva, com que as empresas pesquisadas consideram os itens Transferência (dentro de Capacidades Dinâmicas) e Outros Tipos de Controle (dentro do Desempenho Organizacional) como os mais importantes para se obter vantagem competitiva.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i4.1973

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page