Impacto da redução de tributos na venda de automóveis no Brasil entre os anos de 2007 e 2015

Renan Santiago Apolinário

Resumo


A indústria automobilística no Brasil é uma das principais divisões do setor secundário na economia brasileira, sendo responsável por quase um quarto do PIB industrial no país e por gerar muitos empregos, tanto diretamente quanto indiretamente. Por este motivo, quando estas empresas não tem um bom desempenho, o Estado tende a ajudá-las. Uma das formas utilizadas é por meio de incentivos fiscais. Nos últimos anos, a redução na alíquota do Imposto sobre produto industrializado (IPI) foi um dos principais incentivos concedidos pelo governo para as indústrias desta divisão. Por este motivo, este artigo teve como o objetivo verificar quais foram os impactos causados pela redução da alíquota do IPI na venda de automóveis entre os anos de 2007 a 2015. Para o desenvolvimento do artigo foram analisadas estatisticamente algumas variáveis relacionadas com a venda de veículos, dentre as quais estão: número de veículos vendidos, a alíquota do IPI, o preço médio do automóvel, PIB, crédito para pessoa física, dentre outras. A partir desta análise e dos cruzamentos entre as variáveis constatou-se que a redução na alíquota do IPI auxiliou no aumento da venda de veículos no período estudado.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i1.1984

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122