Diminuição do tempo de análise química de amostras em uma empresa siderúrgica utilizando grupo de melhoria contínua

Rodrigo Reis Leite, Kleyton Silva Teixeira, Wilson Trigueiro de Souza Júnior, Juliana Cássia de Souza Caliari, Anderson Paulo de Paiva

Resumo


No atual cenário competitivo, organizações têm recorrido às técnicas capazes de aumentar suas capacidades produtivas e manter o nível de competitividade que garanta suas sobrevivências. Uma dessas técnicas é conhecida como melhoria contínua. Nesse sentido, o presente estudo tem como objetivo descrever como um grupo de melhoria contínua (círculo de controle da qualidade), um dos pilares do sistema integrado de gestão de uma empresa siderúrgica, pode reduzir o tempo para realizar análises químicas de amostras pelo laboratório químico na qual o projeto foi realizado. Através de ações de melhoria para mitigar as causas priorizadas pelo grupo de melhoria contínua, constatou-se a redução de 27%, entre 2014 e 2015, da quantidade de análises de amostras não atendidas dentro do tempo máximo aceitável de 4,5 minutos. No período em que todas as ações de melhoria para as causas priorizadas já tinham sido implantadas, houve redução do tempo de análises para 4,26 minutos, abaixo da meta de 4,5 minutos. As melhores práticas foram padronizadas através da revisão de padrão técnico visando manter o tempo de atendimento de análises abaixo da meta (4,5 minutos) nos anos posteriores. Segundo cálculos realizados por engenheiros, a empresa deixou de perder o valor anual de R$ 2,2 M com a conclusão do projeto.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i4.1996

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista GEPROS



Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page