Identificação de fatores causadores de hematomas e fraturas em frangos de corte: estudo de caso

Thamara Martim, Tainara Rigotti Castro, Vander Luiz Silva, Camila Maria Uller

Resumo


Em decorrência da competitividade entre as empresas e a maior exigência dos consumidores quanto aos produtos fornecidos, a qualidade se faz primordial. O presente estudo teve por objetivo identificar os fatores que favorecem as ocorrências de hematomas e fraturas em frangos de corte, com o auxílio de ferramentas da qualidade. O estudo foi realizado nos dois turnos de trabalho de uma indústria situada na região Centro Oeste do Paraná. Para tal, foram realizadas observações intensivas e coleta de dados no setor de recepção de frangos. As ferramentas da qualidade utilizadas no estudo foram o fluxograma, folha de verificação, diagrama de Pareto, diagrama de Ishikawa e 5W1H. As principais causas identificadas foram classificadas com relação à Medida (densidade de
carga de frangos), ao Meio ambiente (distância do transporte), ao Método (processo de apanha dos frangos) e à Mão de obra (falta de treinamento).

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v14i1.2041

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista GEPROS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122