Modelos multicriteriais hierárquicos multidecisores com diferentes abordagens de agregação de preferências dos decisores

Guttemberg da Silva Silvino, Wilson Fadlo Curi, Rosires Catão Curi

Resumo


Este artigo mostra a aplicação de quatro abordagens de agregação de preferências de múltiplos decisores a um exemplo hipotético de ordenamento de prioridades de pedidos de outorga de água de quatro usuários segundo a avaliação de nove critérios, estruturados hierarquicamente, por sete especialistas da área de recursos hídricos. É apresentada, também, a aplicação de três transformações de um sistema hierárquico de preferências em um não hierárquico, que permitem fazer uso de softwares que utilizam métodos multicriteriais não hierárquicos. Três das abordagens para problemas com multidecisores agregam a preferência dos decisores no inicio do processo decisório e outro no fim. Todos os métodos apresentados fizeram uso de pesos atribuídos aos critérios de julgamento pelos decisores. Para tratar com a indefinição dos pesos do problema, quando se considera apenas a ordem de preferência dos critérios, o modelo VIP-Analysis foi utilizado. A elaboração do problema de teste teve como base um estudo de potenciais pedidos de outorga de usuários cadastrados no trecho 2 do sistema Curema-Açu inserido em território paraibano. Os resultados demonstraram que a aplicação de diferentes metodologias geram diferentes resultados, indicando que deve-se procurar definir a priori, com os potenciais decisores, a abordagem que melhor representa o pensamento do grupo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v8i2.859

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122