Gestão de estoque de restaurantes: um estudo de caso

Yumara Lúcia Vasconcelos, Mariano Yoshitake, Georgia Fabiana da Silva

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar quais os controles aplicáveis ao almoxarifado de uma empresa do setor de serviços de alimentação.  A empresa estudada tem comocore business o fornecimento de cardápio de massas e vinhos. A pesquisa realizada enquadra-se como qualitativa, de natureza exploratório-descritiva, tendo sido empregado o método de estudo de caso. O estudo apresenta as características, rotinas e procedimentos de controle adotados pela empresa estudada, compondo um estudo de caso (processo de caso único). Os resultados da pesquisa indicam que os controles aplicáveis do restaurante incorporam-se à análise prospectiva e customização dos controles para organizações de pequeno porte. O conceito de controle interno, como um conjunto de processos e rotinas, é parcialmente cumprido pela empresa em estudo. O desenho do sistema de controle na empresa não considera as características da atividade ou negócio bem como as restrições de infra-estrutura. O porte e tamanho do negócio provocam um achatamento no formato do sistema de controle, inviabilizando os procedimentos de cruzamento e conciliação de dados.

Palavras-chave: Controle Interno. Empowerment. Informações de Fluxo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v32i4.937

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122