Perfil comportamental do executivo: um estudo exploratório

Maria Elizabete Vergilio, Rosangela Maria Vanalle

Resumo


Este artigo apresenta o resultado de uma pesquisa sobre o perfil comportamental dos executivos que atuam no
mercado de trabalho brasileiro. O instrumento utilizado para o levantamento do perfil, foi o método Personal
Profile Analysis (PPA). A partir da identificação do perfil, é possível alocar profissionais a cargos ou funções
onde os mesmos poderão obter maior sucesso, diminuindo assim, possíveis problemas de desempenho e a
conseqüente demissão por incompatibilidade com a função.
A pesquisa foi elaborada com base nos dados levantados por uma empresa de consultoria, localizada no
interior do Estado de São Paulo, com 200 (duzentos) executivos, escolhidos aleatoriamente no banco de dados
da mesma, pertencentes a empresas de diversos segmentos do mercado de trabalho, ocupando diferentes
funções e níveis hierárquicos variados.
Os critérios para avaliação do perfil pessoal seguiram a teoria do psicólogo americano William Moulton
Marston, PhD, que descreve quatro linhas de comportamento no ser humano, ou seja, Dominância, Influência,
Estabilidade e Conformidade, retirados do método PPA, de propriedade da Thomas International Inc, EUA.
Chegou-se à conclusão de que se pode predeterminar, com certa margem de erro (o método prevê até 10%), o
perfil do executivo que o mercado de trabalho utiliza, levando-se em consideração suas habilidades pessoais.

Palavras-chave: Perfil Pessoal, Perfil do Executivo, Avaliação Pessoal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i2.96

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122