A reorganização do layout como estratégia de otimização da produção

Gilson Pires da Rosa, Tania Craco, Zaida Cristiane dos Reis, Cristine Hermann Nodari

Resumo


As organizações estão inseridas em ambientes competitivos que exigem o aprimoramento das práticas na área de manufatura, destacando o arranjo físico como um grande desafio na gestão industrial. Este artigo teve como objetivo demonstrar a importância do layout como uma forma de aumentar a competitividade de organizações. A consolidação teórica partiu dos conceitos de layout, dos diferentes modelos existentes e investimentos associados à minimização de custos. Assim, estabeleceu-se uma compreensão do fluxo produtivo organizacional e a sensibilidade necessária para reflexões sobre a melhoria de processo em uma indústria produtora de cilindros hidráulicos na Serra Gaúcha. A metodologia utilizada foi de um estudo exploratório e descritivo, realizado através de um estudo de caso. Para tanto, a pesquisa contou com dados primários realizados através de entrevistas semiestruturadas e dados secundários coletados a partir de documentos e relatórios organizacionais. O resultado do estudo apontou oportunidades de aperfeiçoamento no fluxo produtivo, propiciando a conquista de maior capacidade de produção e incremento nos lucros para a organização, antecipando o retorno sobre o capital investido no negócio.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v34i2.1126

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page