A busca da competitividade pela formação de rede de empresas: um estudo na Central Mais Supermercados

Claudete Fogliato Ribeiro, Lindiane da Veiga Baisch, Luis Henrique Ramos Camfield

Resumo


A formação de redes de empresas representa importante estratégia interempresarial, para a promoção do
desenvolvimento e de vantagens competitivas. A globalização da economia e seus efeitos, principalmente
relacionados com os avanços da tecnologia e a concorrência acirrada, impõem às empresas a necessidade de
buscar inovações e novos métodos de administração. Acredita-se que a temática do estudo é relevante, pois se
trata de um assunto ainda recente, necessitando assim, de conhecimento mais profundo, por parte do universo
acadêmico e empresarial. O estudo buscou aprofundar o conhecimento teórico, através de uma análise crítica,
diagnosticando a percepção dos empresários quanto aos resultados alcançados após integrarem uma rede de
empresas. Como método de estudo, utilizou-se de uma pesquisa exploratória, composta de pesquisa
bibliográfica e de campo. O estudo permitiu identificar e analisar as principais vantagens, satisfações e
insatisfações junto ao desenvolvimento das atividades operacionais da Central Mais Supermercado, localizada
em Santa Maria (RS). Este artigo ressalta a importância da formação de Redes de Empresas, como estratégia
de competitividade, sobrevivência e alternativa, para que as empresas do ramo supermercadista possam
cumprir o seu papel econômico e social, buscando redução de custos e oferecendo serviços e produtos com
qualidade, proporcionando a conquista da clientela.

Palaras-chave: Rede de Empresas; Competitividade; Estratégia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i3.118

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page