Metodologia híbrida Wavelet – SVR para projeção de deslocamentos relativos no bloco I11 da barragem da usina hidrelétrica de Itaipu

Tasia Hickmann, Liliana Madalena Gramani, Eloy Kaviski, Luiz Albino Teixeira Júnior, Samuel Bellido Rodrigues

Resumo


Este artigo propõe uma metodologia híbrida para a previsão das séries temporais de deslocamentos relativos em um bloco da barragem da usina hidrelétrica de Itaipu, que integra os seguintes métodos numéricos: decomposição wavelet, support vector Machine e combinação linear de previsões. Todos os resultados estatísticos alcançados pela metodologia proposta foram mais acurados do que outras técnicas tradicionais (usadas aqui como benchmark), encorajando a sua adoção para tal finalidade.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v11i2.1419

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122