Discussão pós implantação das possíveis contribuições da ergonomia no projeto de automatização de linhas de produção

José Adriano Canton, Andréa Regina Martins Fontes, Isaías Torres

Resumo


Este artigo aborda a temática de concepção de espaços de trabalho a partir da perspectiva da Ergonomia Situada. O objetivo foi o de refletir o papel da Ergonomia no projeto de situações produtivas a fim de antecipar e mitigar o aparecimento de novos constrangimentos. Para o desenvolvimento deste trabalho foi utilizado um estudo de caso em uma indústria de embalagens, na qual foi implantada uma linha automatizada em substituição a demandas de afastamentos no trabalho manual anteriormente realizado. O presente artigo baseou-se nos resultados da Análise Ergonômica do Trabalho da situação implantada e da análise à posteriori do processo de projeto da referida melhoria. Analisou-se que a solução adotada não permite margem de manobra para lidar com as variações inerentes ao processo, sendo necessárias constantes intervenções de operadores para a liberação e continuação dos trabalhos da linha. Evidenciou-se que a solução implantada não teve a participação de atores importantes como os operadores e o pessoal da manutenção, direcionando um olhar tecnicista que buscou eliminar o fator humano. Concluiu-se que a Ergonomia integrada no desenvolvimento do projeto favorece a construção coletiva da análise do trabalho e consequentemente a elaboração de soluções mais eficazes.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v11i4.1585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122