Aplicação do DMAIC e Análise de Falhas de Embalagens Metálicas na Indústria de Conservas

Rafael Santos Souza, Ariane Ferreira Porto Rosa, Gilson Simões Porciúncula, Gilberto Tavares dos Santos

Resumo


Na indústria de alimentos a garantia da qualidade está fortemente associada com a segurança do consumidor e com os riscos de comprometimento da sanidade dos produtos. Especificamente nas indústrias de conservas, latas enferrujadas, amassadas ou estufadas podem conter bactérias e ocasionar infecções alimentares. Este artigo aborda a aplicação do DMAIC e a análise de falhas para reduzir a quantidade de latas amassadas em uma indústria de conservas. A metodologia usada foi de natureza aplicada, com objetivo exploratório, abordagem quali-quantitativa e o método foi a realização de um estudo de caso. Através de análises estatísticas verificou-se elevada quantidade de embalagens amassadas no processo produtivo constituído das etapas de envase, recravação e encestamento. A etapa com a maior quantidade de latas amassadas entre as três etapas foi a recravação. Na sequência, aplicou-se FMEA para análise de falhas relacionadas à utilização da máquina de recravação automatizada. Finalmente, um plano de ação foi proposto para solucionar o problema das latas amassadas na etapa de recravação e os resultados obtidos demonstram as melhorias obtidas abaixo da meta após 4 meses (de agosto a novembro de 2015).


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v12i4.1824

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122