Análise econômica, social e ambiental dos resíduos sólidos urbanos produzidos no Município de Barra do Bugres – MT

Fabrício Schwanz da Silva, Max George França Leite, Tatiane Aparecida de Lazari

Resumo


O problema gerado pela poluição dos meios naturais, assim como sua escassez, é pólo de grandes discussões
mundiais, isto porque, muitos não são renováveis e são limitados. Um eficiente recurso apresentado à solução
dos resíduos sólidos urbanos é a realização da coleta seletiva e, posteriormente, a reciclagem dos materiais
inorgânicos, que ajudam na preservação do meio ambiente, geração de renda, reintegração social, entre outros.
Com o presente trabalho, objetivou-se avaliar e quantificar o volume coletado de resíduos sólidos urbanos no
Município de Barra do Bugres - MT, co-relacionando-os com o valor monetário dos materiais inorgânicos,
contabilizando perdas financeiras, sociais e ambientais na cidade, ocasionadas pela ausência da coleta seletiva
e reciclagem. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que o Município por não possuir nenhum sistema
racional e eficiente de coleta e tratamento do lixo, deixa de arrecadar, anualmente, aproximadamente R$
1.417.852,80, processo que permite a reciclagem e também seus benefícios, tais com: a preservação do meio
ambiente, geração de renda, geração de empregos, ou seja, tendo um retorno sócio, econômico e ambiental,
permitindo uma melhoria da qualidade de vida da população municipal.

Palavras-chave: Resíduos Sólidos Urbanos; Coleta Seletiva; Reciclagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v0i2.98

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page