Arranjos Organizacionais: análise bibliométrica da produção científica nacional no período de 2006 a 2015

Luana Saraiva de Sousa, Anderson Tiago Peixoto Gonçalves, Jéssica Bruna de Oliveira Melo, José Helton de Azevedo

Resumo


O objetivo do presente estudo é analisar a produção científica nacional sobre as principais tipologias de Arranjos Organizacionais, no período de 2006 a 2015. Foram coletados artigos científicos publicados nos principais Periódicos da área de Engenharia de Produção, classificados nos estratos do Qualis da CAPES, quais sejam: Revistas Produção Online, Produção, Gestão & Produção e GEPROS; bem como nos Anais dos Eventos mais representativos da área: ENEGEP, SIMPEP, SIMPOI e SEMEAD. Trata-se de um estudo descritivo, quantitativo, que utilizou como procedimento técnico a bibliometria sob a abordagem da cienciometria. A coleta de dados reportou 964 artigos publicados no período. Os resultados apresentados indicaram que 191 artigos foram publicados em Periódicos, sendo a Revista Gestão & Produção o destaque com 124 publicações, e o ano de 2014 o pico no volume de publicações;  773 artigos foram publicados em Eventos, sendo 439 no ENEGEP, e 2010 o ano com maior número de publicações; os tipos de Arranjos mais abordados, somando-se os resultados dos Periódicos e dos Anais de Eventos, foram as Cadeias de Suprimentos, as Cooperativas e os Arranjos Produtivos Locais; enquanto que Consórcio Modular e o Condomínio Industrial ainda são Arranjos pouco abordados.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i3.1949

Licença Creative Commons
Revista GEPROS - Gestão da Produção, Operações e Sistemas

http://revista.feb.unesp.br/index.php/gepros está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Locations of visitors to this page