A importância da maturidade em escritórios de gestão de projetos: estudo de caso de um polo de inovação

Priscila Manhaes da Silva, Rogerio Atem de Carvalho, Simone Vasconcelos Silva

Resumo


Constantemente, por sofrerem transformações profundas e rápidas, organizações optam pela estruturação por meio de projetos, que possuem um caráter menos burocrático e promovem a otimização contínua. Para tanto, recorrem aos escritórios de gestão de projetos, que, entretanto, possuem lacuna quanto sua implantação e funções. Este artigo teve como objetivo apresentar uma análise do mapeamento de maturidade do escritório de projetos de um polo de inovação frente ao modelo PMO Maturity Cube, para averiguar a importância de um modelo de maturidade próprio de PMOs no preenchimento dessas lacunas. A pesquisa reforçou a visão dos autores do modelo, e trouxe perspectivas para trabalhos futuros.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15675/gepros.v13i4.2039

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista GEPROS



Licença Creative Commons

Está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

e-ISSN: 1984-2430
GEPROS. Gest. prod. oper. sist., Bauru, São Paulo-SP (Brasil).

Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia da UNESP - Bauru

Av. Eng. Edmundo Carrijo Coube, n° 14-01 Fone: 55-14-3103-6122